quarta-feira, 5 de outubro de 2016

MINHA CARA... GELADEIRA!

         
        Ela é de meia idade. Cinquentona. E continua linda, mesmo com as
        marcas do tempo que despontam no frágil retoque da pintura.
        Mas ela dá um trabalho...
        É daquelas que sobrevivem aos modismos. Também não é “estilo retrô”.
        É velha mesmo. Bacias de ágata. Porta não aproveitável. Pés de porcelana.
        Um N de National na porta que lembra National Kid, tão antigo e cult
        quanto a antiga peça.
        Mas ela dá um trabalho...
        Já foi pintada. Repintada. Transportada. Mal transportada. Já ficou dois
        anos num guarda móvel à espera da compra de uma nova casa. E basta
        uma simples conta para perceber que o dinheiro gasto com o aluguel
        daria pra comprar umas cinco geladeiras novinhas. Mas soubemos resistir.  
        E como ficou bonita naquele canto da nova casa. Objeto de arte!
        Destaque “vintage” na cozinha moderna. E não há quem não se encante
        com o charme da sua rústica simplicidade.
        Mas ela dá um trabalho...
        Neste ano, a borracha ressecou... E o gás que era pouco, se perdeu.
        Mas quem iria consertar uma National?
        O Sérgio veio lá em casa. Disse que o tubo era ainda de alumínio e não
        dava para soldar... Sugeriu o seu triste fim.
        Pobre Sérgio, não sabia o que estava propondo e diante do nosso olhar
        enternecido, porém furioso, decidiu tentar remendar.
        Stent, cateterismo, superbonder... Sabe se lá, mas ele conseguiu!
        Agora só faltava a borracha.
        Aonde encontrar? Só em São Paulo!  Vamos buscar...
        No caminho olhamos para as geladeiras novinhas... Leves e com dezenas
        de compartimentos. Espaços luxuosos. De plástico e sem coração. 
        Não! Nem pensar. A nossa National tem alma!
        Faz parte da casa. É membro vitalício da família!
        Guardou tantas cervejas para os amigos! Peixes e carnes para os churrascos
        de verão! Vinho e uvas para aquelas noites de amor...
        Só um coração de gelo para querer trocar.
        Ela vai continuar com a gente, sim senhor!
        Mas ela dá um trabalho...
 
*                        *                         *                     *                     *                    *                     *
           Neste dia 12 de outubro, a ESTÚDIO LIFE PILATES vai sortear dois livros
           infantis " Era uma vez uma coisinha" entre os alunos que participarem da promoção!
           Boa sorte! 

5 comentários:

  1. Uau, muito legal, me fez lembrar da máquina de costura da minha mãe!

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito, eu ao contrário me desfaço de tudo. É um desapego total e, por vezes, exagerado. Gosto desses relatos... nos emocionam...

    ResponderExcluir
  3. Cara Tecris, não se culpe não... este seu desapego total tem um toque evolutivo... bjs!

    ResponderExcluir