quarta-feira, 19 de abril de 2017

NA HORA DE ABRIR O COFRE...

 
A casa da tia Zilda era um grande museu. Poltronas de veludo desbotado, com o entorno dourado, barroco. Um aparador que ela chamava de Itajér.
Em cima dele, duas garrafas de vidro bico de jaca, na figura de papagaio. Um com menta, outro com Anis. Às vezes, ela me deixava colocar o dedo indicador e degustar o licor. Havia também um tapete de pele de carneiro azul, vasos de murano, italianos, belíssimos.... e quadros, muitos quadros e enfeites antigos.  
Os objetos que eu mais gostava eram um cavalo de ferro com a crina encaracolada e um cofrinho batizado por ela de "barrigudinho”, feito de coco com uma fechadura de ferro no umbigo. Eu adorava tudo aquilo. A Tia Zilda abria o barrigudinho e eu brincava com as moedas, sem me importar se valiam muita ou pouca coisa. 
Não posso esquecer também, o boneco que me despertou tanta atenção e me apresentou pela primeira vez Miguel de Cervantes. Ficava sobre a mesa, um Quixote, de aço! Inspirador...  
E era assim, uma viagem fantástica, percorrer a casa da Tia Zilda e descobrir seus tesouros. Em cada canto, uma riqueza. Um objeto curioso e histórias incríveis...
No final da visita, o sorvete de mamão que ela mesma fazia numa forminha de plástico com um palito no meio. Antes de ir embora, eu corria para dentro do quarto só para olhar o cofre antigo que lá estava e ninguém, nunca, tecia um comentário sequer. O que teria lá dentro? Minha cabeça ousava imaginar. Mapas? Enigmas? Cartas criptografadas? Se a casa já era fantástica, imagine o que ela guardava dentro do velho cofre? Veio o dia da revelação...
Primeiro me disse os números secretos e pediu que eu guardasse segredo. Estremeci. Depois giramos os botões pra um lado e pro outro e clic! A porta se abriu... 
E foi assim, decepcionante! E desapontador... Pelo menos para mim, uma criança de dez anos com uma usina de idéias e imaginação. O cofre só tinha algumas jóias.  
O cofre só tinha... dinheiro!
 
                   *                                    *                                *                                 *

         A GANHADORA DO LIVRO INFANTIL "ERA UMA VEZ UMA COISINHA"
         DESTE MÊS FOI... MÁRCIA SALGADO! PARABÉNS!!!
         MÊS QUEM VEM TEM MAIS! SIGA O BLOG E CONCORRA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário